15abr 2016

Casamento: Passar ou não o sapato ou a gravata?

Postado por às em Casamento

Hoje eu vou abordar um assunto bem polêmico que rodeia os casamentos. Passar ou não o sapatinho da noiva e a tradicional gravata do noivo?

A nossa ideia inicial era não passar nada, mas gente, a farra da gravata é a cara do meu marido, que está sempre presente ao lado do noivo em todos os casamentos que vamos. Quanto ao sapato, morria de vergonha, mas a galera agitou e me joguei!

Como fizemos? Como já contei, nós criamos uma página na internet com todas as informações sobre o casamento. Na parte onde eu publicava as dúvidas frequentes dos convidados, coloquei o seguinte:

Pergunta: Vai ter gravata?
Resposta: Pelo que depender dos padrinhos, primos e cunhados do noivo SIM!

Uma coisa que reparei nos muitos casamentos que fui é que a gravata indiretamente está relacionada ao estacionamento dos veículos dos convidados. Independente se vai passar ou não, acho muito importante alertar os convidados quanto ao preço e locais de estacionamento, principalmente se a cerimônia e a festa forem em locais diferentes.

A igreja que casamos tinha estacionamento gratuito e o nosso buffet tinha um estacionamento parceiro, mas a rua também era bem tranquila para parar. Então deixei isso bem claro no site, com mapinha e tudo, além de reforçamos a informação no evento que criamos no Facebook e por Whatsapp.

Agora, voltando ao assunto: Por que a gravata e o sapato compensaram?
Foram três fatores bem determinantes:

  1. O primeiro e bem obvio foi estarmos no vermelho. Conseguimos uma boa quantia, que nos ajudou MUITO, principalmente com a lua de mel, que não estava programada.
  2. Muitos convidados que não sabiam o que dar de presente e capricharam na hora da gravata. Ou seja, se você está acompanhando as suas listas e não está ganhando muita coisa pode ser vantajoso.
  3. Uma coisa que não esperava e que aconteceu foi a otimização do tempo. Sério, tinha pavor daquela tradicional fila que forma de convidados querendo cumprimentar os noivos. Assim que terminamos de fazer as fotos principais, a cerimonialista perguntou se queríamos passar nas mesas e o fotógrafo já alertou que perderíamos aproximadamente 1h30 de festa. A hora da gravata foi a que mais interagimos com as pessoas, passando nas mesas, fazendo bagunça, mesmo que separados.

Queremos muito passar, mas somo tímidos. Como lidar?
Se os noivos são tímidos, mas estão precisando daquela ajudinha financeira, a sugestão que dou é deixar um potinho para arrecadação na recepção, assim quem quiser vai depositando a caixinha.

Outra opção é o noivo e a noiva curtir a festa enquanto os padrinhos mais bagunceiros passam pelos convidados, mas essa alternativa pode não ser tão boa na hora do resultado final. A melhor coisa mesmo é encher a cara (ou fingir que encheu) e se jogar, mas em todos os momentos da festa. Aproveitar cada instante, tirar muitas fotos com os convidados, pois será um momento único que você passara boa parte da vida querendo reviver cada instante!

IMG_7995

Você já casou? Passou a gravata? O que acha? Pensa em passar? Como foi? Deixe um comentário contando a sua experiência!

 

Related Posts with ThumbnailsShare on Facebook

Facebook comments:

1 comentário deixe um →

  1. A única coisa que eu acho INSUPORTÁVEL são os adesivos metidos a engraçadinos de “já dei pro noivo”, “amigo de vinte”… acho muito de mal gosto uma menina circulando na festa com a piadinha ou sair rotulado com o quanto doou, mas não vejo problema na gravata e no sapatinho, até porque, como você disse, tem muita gente que não sabe o que dar de presente.

Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com