/ trabalho

05set 2016

Diário: O meu sumiço por aqui

Postado por às em Pessoal

Escrever em um blog é uma atividade que me deixa feliz, que faço com prazer e nunca por obrigação. Viver deste espaço e produzir conteúdo, seja escrito ou mesmo por vídeo, é realmente o meu maior sonho hoje. Me cobro muito todas as vezes que preciso me afastar, mesmo que seja por um motivo de saúde ou de trabalho.

Há alguns meses surgiu uma oportunidade no meu trabalho que resolvi me jogar de cabeça, motivo que me deixou afastada. Graças a pessoas que acreditaram no meu trabalho dei um grande passo para a realização de mais este sonho, que é a produção de vídeo-reportagens.

Ainda estou em fase de aprendizado. Gaguejo, esqueço todo o texto na hora de gravar a parte que apareço nas matérias. Fico tão nervosa como no dia do exame da autoescola, mas graças a Deus tenho ao meu lado pessoas maravilhosas e pacientes, que me ensinam cada passo.

Essas reportagens são publicadas no canal do Youtube da Prefeitura de São Paulo. Queria compartilhar cada vídeo com vocês, mas por conta da Lei Eleitoral tivemos que tirar tudo do ar.

vilalimpa

Estou trabalhando muito, passando mais tempo fora de casa e ainda tenho que dar conta de uma lista de afazeres domésticos. No final do dia (literalmente, pois chego a minha casa quase quando o dia já virou) ainda procuro gastar o que me resta de energia para dar atenção ao meu marido e ao meu cachorro.

Então aqui deixo a minha justificativa pela minha ausência. A minha vontade é passar por aqui uma vez por dia, mas pela correria desta vida de gente grande sei que não vai ser possível. Não deixarei este espaço, tenho muitos planos para ele e assim que conseguir me organizar melhor tenho fé que conseguirei a aumentar a frequência por aqui.

Share on Facebook
09maio 2013

Ong: Nosso Sonho

Postado por às em Lugares

Uma das coisas que mais gosto por ser jornalista é a oportunidade de conhecer novos lugares em todos os pontos da cidade. Lugares que sempre quis estar e outros que nunca imaginei que seria possível, mas tem também a parte da emoção…

Terça-feira acompanhei uma pauta com a primeira dama, Ana Estela Haddad, que foi conhecer o trabalho realizado na ONG “Nosso Sonho”, que oferece atividades a  crianças, jovens e adultos com paralisia cerebral no intuito de incluí-los tanto na sociedade, como no mercado de trabalho.

A instituição foi fundada em 2007 por Suely Katz, após perder seu filho com paralisia. Só quem acompanha casos como este de perto sabe como é difícil. Atualmente são atendidas 49 pessoas (a maior parte desde a fundação) e a fila de espera é grande. Infelizmente a ONG não tem mais espaço e condições para atender mais gente. A Nosso Sonho é mantida apenas por doações, parcerias com empresas provadas e eventos que ela mesma organiza.

Além dos trabalhos convencionais de fisioterapia e fonoaudióloga, etc, a ONG também oferece oficinas de artes plásticas, culinária, dança e de jornalismo, que fiquei encantada. Lá 8 repórteres desenvolvem a revista “A.Nó.S.”, que já está em sua 15ª publicação. É uma revista totalmente desenvolvida por eles, desde a reunião de pautas até as entrevistas e os textos. Cada aluno tem a sua coluna e graças a uma parceria com a Tecnisa e com o Café Havanna, foram contratados com carteira assinada e recebem salário.


Imagem: Fernando Pereira/SECOM

Fiquei admirada com o esforço e a preparação de todos eles. Melhor que muitos repórteres que conheço. Infelizmente, por preconceito, eles encontram um muro enorme na hora de uma colocação no mercado de trabalho. São lugares assim que devolvem a cidadania para as pessoas e nos fazem perceber como a nossa vida é fácil e como reclamamos de barriga cheia!!!

Nosso Sonho
Rua Minerva, 265 – Perdizes – São Paulo – SP
Tel: (11)3564-0555

Doações: Banco Itaú
Agência: 7779
Conta corrente: 01952-5

Share on Facebook
09mar 2013

Links da Semana #6

Postado por às em Imagens do mês

Os links mais interessantes da semana:

Pets
Saiba como prevenir o câncer de pele em cães – Amo Cachorros
Dicas da Pri para prevenir essa doença que é o segundo tipo de neoplasia que mais acomete os cães em idade adulta. Assim como acontece com os seres humanos, nem sempre o aparecimento da doença está ligado somente à predisposição genética, mas principalmente, pela exposição aos raios solares sem a devida proteção.

Teresina (PI) tem cemitério público para animais domésticos – Pet Rede
O exemplo da cidade de Teresina que desde 2009 possui um cemitério público exclusivo para enterrar gatos e cachorros. Com uma área de mil metros quadrados e quase duzentos jazigos, o local é o único público no país, segundo o diretor do Hospital Veterinário Universitário (HVU), João Macedo.

Gastronomia
Páscoa 2013 – Fazendo um Ovo Alpino de maneira diferente
– Coma com os Olhos
O blog ensina a fazer um super ovo de páscoa com os chocolates mais famosos de uma maneira bem mais barata. O exemplo do blog foi com o Alpino que saiu por menos da metade do preço! Vale a pena conferir!

Own!
BONUS! Second Friday Haiku! OMG – Cute Overload
Imagens fofas de um filhote de beija-flor que foi resgatado.

Dose de amor do dia: os looks de Mamma Biscuit – Borboletando
O blog de moda da cachorrinha Mamma Biscuit, uma pug de 7 anos, cheia de estilo! Mamma também é muito especial, pois foi resgatada de um canil que a maltratava e fez com que ela parisse mais de 100 filhotes durante o tempo em que viveu aprisionada.

Decoração
Inspiração decor: Fairy lights – By Marina
Também conhecida como luzes de fadas, essa tendência utiliza pisca-piscas (sim, aqueles de Natal) em decorações de quartos e salas. Só não me senti muito segura com a dica da queridona Marimoon colocando papel para enfeitá-las.

Organizando o escritório! – Garotas Estúpidas
Dicas para organizar aquele espaço da casa utilizado para estudar ou trabalhar

Tecnologia
RetroN 4, o console pra quem perdeu os consoles – Garotas Geeks
Post sobre o super console da Hyperkin que suporta cartuchos de NES, SNES, Sega Genesis e Game Boy Advance.

Esmaltes
Versões nacionais para esmaltes Deborah Lippmann por Melissa Menezes – Pausa para Feminices
Versões brasileiras parecidas com os esmaltes babados da Deborah Lippmann.

Comportamento
Como incentivar o trabalho da família na casa – Organize sem Frescuras
Se em sua casa a organização não acontece por falta de ajuda, o Organize sem Frescuras ensina alguns métodos que podem ser adotados para que todos os integrantes da família contribuam na hora da organização.

TV & Celebridades
As vozes por trás de Diablo III – Garotas Geeks
Mais que as vozes desse game, o post mostra artistas que já realizaram várias dublagens de personagens que nem associamos. Olha quantas vozes conhecidas fazem parte do jogo!

Vídeo
Até os Simpsons entraram no viral do momento dançando o “Homer Shake”

Share on Facebook
19ago 2010

Vídeo-documentário de transtornos psiquiátricos durante a gravidez e pós-parto

Postado por às em Facul

Pessoal, preciso da ajuda de vocês….

Como muitos sabem esse é meu último ano na faculdade e nosso trabalho de conclusão de curso possui um tema meio polêmico e pouco abordado, que são os transtornos psiquiátricos desenvolvidos durante a gravidez e o pós-parto.

Já entrevistamos diversos professores e especialistas, inclusive do IPQ (Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas), mas a nossa maior dificuldade está em encontrar mães que tenham sofrido e queiram prestar depoimento, até para ajudar outras mães.

Tema: Transtornos psiquiátricos desenvolvidos durante a gravidez e pós-parto.

Formato: vídeo-documentário com enfoque jornalístico sobre o tema com duração aproximada de 35 minutos.

Conteúdo: Depoimentos de mulheres que sofreram os principais transtornos psiquiátricos da gravidez e do puerpério, de seus familiares e também as opiniões de especialistas, a maioria do IPQ-HC/FMUSP (Inst. de Psiquiatria do Hosp. das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP).

Público alvo/Personagens: Mulheres – preferencialmente de São Paulo ou cidades próximas – que tiveram casos graves, como depressão profunda e psicose pós-parto, pois são quadros mais raros. Mulheres grávidas que já apresentem sintomas de algum transtorno, diagnosticadas e em acompanhamento médico.

Observações importantes:
•    Não pretendemos dar ao documentário um tom dramático ou apelativo, mas sim torná-lo informativo o suficiente para que outras mulheres e familiares na mesma situação saibam identificar os sintomas e buscar tratamento.
•    Por ser um trabalho em vídeo, todos os depoimentos serão obrigatoriamente filmados, entretanto, caso a colaboradora deseje preservar sua identidade, a filmagem poderá ser realizada de costas, sem mostrar seu rosto.
•    Existe interesse em entrevistar pessoas que estiveram próximas a essas mulheres nos momentos mais difíceis, caso você se enquadre neste caso, será importante contar com a sua ajuda.
•    Caso as mulheres entrevistadas necessitem de algum documento ou atestado da faculdade, comprovando que a equipe realmente é composta por alunos do curso e instituição referidos em fase de desenvolvimento do trabalho de conclusão de curso, este será emitido.

Se você teve, ou conhece alguém que tenha passado por isso e esteja disposto a colaborar, entre em contato pelo si.perola@yahoo.com.br ou pode deixar algum recado que eu entro em contato.

Muito obrigada!!!!!!

Related Posts with ThumbnailsShare on Facebook
Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com